Selecione seu país

Cuidados básicos com a chupeta

Como e com que frequência a chupeta deve ser lavada e esterilizada?

Usar uma chupeta de forma higiênica é extremamente importante para manter o seu bebê saudável. Descubra aqui se é realmente verdade que você nunca deve lamber as chupetas e com que frequência elas devem ser esterilizadas!

Mantenha as chupetas limpas - mesmo que elas sejam novas
As chupetas devem ser esterilizadas antes do primeiro uso. Para esterilizar a chupeta, pode-se fervê-la em uma panela com um nível suficiente de água por 5 minutos ou imergi-la em uma mistura de água e agentes esterilizantes.

Se usar uma solução de esterilização, a chupeta não deve ficar imersa por um tempo superior ao recomendado, já que isso poderia danificar o material. O orifício de ventilação também é muito importante: ele permite que o bico seja comprimido na boca de modo a poder adaptar-se ao palato, o que é crucial para que a mandíbula e a boca se desenvolvam adequadamente.

Como esterilizar chupetas corretamente
Existem diversas maneiras de assegurar que os germes sejam totalmente eliminados de uma chupeta: 

  • Fervura: ferva a chupeta em uma panela com um nível suficiente de água por cerca de 5 minutos. A chupeta deve ficar totalmente coberta pela água e o ar deve antes ser totalmente removido do bico. Recomenda-se usar uma panela separada para ferver as chupetas. Lembre-se de ficar atento ao nível da água durante a fervura, para evitar que o plástico se queime na panela!
    O uso de uma chaleira ou o simples derramamento de água fervente sobre a chupeta não funcionará – os germes não serão eliminados porque o calor não é mantido pelo tempo necessário.
  • Práticas caixas de chupetas: algumas chupetas são vendidas em caixas especiais, que podem ser usadas para realizar a esterilização no micro-ondas. Assista a este vídeo para ver como ela funciona. A maneira como você esteriliza suas chupetas tem um impacto significativo na sua pegada de CO2: por exemplo, a caixa de esterilização e transporte da MAM reduz suas emissões de CO2 em até 77% e economiza energia.
  • Caldeira a vapor/vaporizador: recipientes de esterilização que podem ser levados ao micro-ondas usam calor e vapor para esterilizar chupetas. No entanto, também existem dispositivos nos quais mamadeiras e/ou chupetas podem ser esterilizadas usando vapor – isto é, sem necessidade de usar o micro-ondas.
  • Soluções de esterilização químicas: geralmente envolvem a dissolução de comprimidos em água fervida, a imersão dos objetos que devem ser esterilizados na solução e o seu “banho” por um determinado período de tempo (veja as instruções fornecidas na embalagem).


Em que se deve prestar atenção durante a pandemia do Corona?

Durante a crise da COVID-19, recomendamos estabelecer um padrão de higiene mais alto do que o normal para produtos para bebês. É aconselhável esterilizar mamadeiras, bicos e chupetas antes de cada uso. A melhor forma de esterilizar nossos produtos é no micro-ondas, usando a função de esterilização automática das mamadeiras MAM Easy Start™ Anticólica e da prática caixa de esterilização de nossas chupetas. Essa opção é rápida e gasta menos energia que a fervura. A realização desse processo não só mata as bactérias como também muito provavelmente reduz ou extermina vírus como o da COVID-19.

Até que idade as chupetas e etc. precisam ser esterilizadas?
As recomendações das entidades oficiais podem mudar e variar de país para país, mas, em geral, recomenda-se o seguinte:

Esterilize as chupetas até o seu bebê completar entre 6 e 9 meses de idade 

  • Esterilize as chupetas de recém-nascidos e bebês de poucos meses diariamente
  • Quando a “fase oral” começar (fase em que o bebê coloca tudo na boca), reduza a frequência de esterilização e limpe as chupetas com água quente e detergente.
  • Não coloque a chupeta na lava-louça - os agentes de limpeza agressivos geralmente danificam o material da chupeta, tornando-a quebradiça.
  • Observe que isso se aplica apenas às chupetas: você deve continuar esterilizando os bicos das mamadeiras, pois eles entram em contato com leite.


Lamber a chupeta – sim ou não?
Quando os pais lambem a chupeta para tentar limpá-la, bactérias da cárie e outros germes podem ser transmitidos para a criança. Por isso, recomenda-se não lamber as chupetas

 

Fontes:
https://www.mambaby.com/faq/schnuller/
https://www.kinderarzt.at/kindergesundheit/lexikon/schnuller

X