Uma mulher grávida está sentada no chão com uma chávena de café e morangos num tabuleiro

Semanas de Gravidez

A 19.ª semana de gestação

Porque é que a tua alimentação é especialmente importante agora


A meio do 2.º trimestre e no 5.º mês, ainda se prevê muita ação na barriga. Cada vez mais mulheres sentem agora finalmente o bebé. Lê aqui porque é que, para muitas, isso ainda demora mais um pouco, que alimentos deves evitar e muito sobre o desenvolvimento do teu bebé na 19.ª semana de gestação!

O que acontece dentro da barriga na 19.ª semana de gestação?

O feto tem cerca de 13,5–15 cm de comprimento (CCN) e pesa cerca de 200 gramas.

Neste momento, continuam a crescer no cérebro as células nervosas responsáveis pelos 5 sentidos: visão, audição, olfato, paladar e tato. Particularmente a capacidade auditiva está agora já bem desenvolvida.

O teu bebé tem agora o tamanho aproximado de uma toranja.

O teu bebé tem agora o tamanho aproximado de uma toranja.

Apesar de os ventrículos e os átrios cardíacos ainda não estarem separados, o coração está de resto já totalmente funcional e, neste momento, bate aproximadamente duas vezes mais depressa do que o de um adulto. Também nos pulmões há muita atividade: os brônquios desenvolvem-se. Contudo, naturalmente, o bebé apenas consegue respirar por volta da 34.ª semana de gestação, pois, até então, falta uma substância importante (surfactante pulmonar) para permitir o funcionamento dos alvéolos pulmonares.

O  vernix caseosa cobre agora o bebé na totalidade e protege-o do líquido amniótico. Durante o parto, este serve de lubrificante para passar no canal de parto. Após o parto, ele ajuda o bebé a reter o calor, hidrata a pele e, graças ao seu efeito antibacteriano, também reduz infeções. Por isso, os restos não devem ser removidos precipitadamente.

Como te sentes na 19.ª semana de gestação?

Ainda não sentes nada do bebé? Não te preocupes. Com certeza, já não falta muito. A maioria das grávidas sentem o seu filho entre a 19.ª e a 22.ª semana de gestação. Se tiveres dúvidas, no próximo exame médico, pergunta se porventura tens uma placenta anterior. Essa pode ser a causa para sentires alguma coisa apenas mais tarde. Também a quantidade de líquido amniótico e a espessura da parede abdominal podem ter influência sobre quando sentes movimentos.

Devido ao crescimento do bebé e da placenta, ambos necessitam de bastantes nutrientes, vitaminas, oligoelementos e sais minerais. Uma alimentação equilibrada e variada é extremamente importante durante a gravidez, mas nem todos os alimentos são adequados para grávidas.

Que alimentos se deve evitar durante a gravidez?

Nunca deves consumir álcool e alimentos que contenham álcool. De facto, não é possível determinar que a quantidade de álcool é "aceitável na gravidez", por isso, é melhor nem lhe tocares.

Por segurança, reduz o teu consumo de cafeína, assim como de bebidas que contenham quinino (água tónica, refrigerante de limão amargo).

Para evitar infeções com agentes patogénicos, existem alguns "alimentos proibidos" durante a gravidez:

  • Carne crua ou não completamente cozinhada (por exemplo, bife, rosbife)
  • Enchidos e produtos à base de carne crus (por exemplo, salame, salsicha fermentada, presuntos, chouriço)
  • Peixe e marisco crus ou não completamente cozinhados, assim como peixe fumado
  • Ovos crus ou não completamente cozinhados e pratos com ovo cru (por exemplo, tiramisu)
  • Saladas pré-embaladas e pré-cortadas (testes demonstraram grandes cargas microbianas em muitos produtos), alimentos mantidos abertos em balcões, sanduíches ou pães prontos, sumos acabados de espremer em lojas
  • Fruta, legumes e saladas não lavados
  • Peixes predadores, como atum, lúcio ou cavala, ricos em gorduras (devido a uma possível contaminação por metais pesados)

Se tiveres dúvidas sobre os alimentos ou especialidades regionais que podes comer durante a gravidez, consulta o teu médico ou a tua médica. Aquilo que podes ou não comer depende também do facto de já teres anticorpos contra determinados patógenos (por exemplo, toxoplasmose).

O bom destas pequenas restrições é que, depois da gravidez, podes desfrutar ainda muito mais das iguarias!


Fotografia: Shutterstock

Produtos MAM recomendados para si

MAM Start Flow- Chupeta

Extra pequeno para recém-nascidos

11,89 €
Bomba extratora de leite manual

Para uma extração de leite suave, rápida e confortável

51,50 €