Um homem abraça a barriga da mulher grávida e ela sorri.

Semanas de Gravidez

A 25.ª semana de gestação

O 7.º mês de gestação começa


Bem-vinda ao 7.º mês! A bola torna-se cada vez maior – e, assim, aumenta também a tendência para os desconfortos da gravidez. Um dos mais frequentes é a azia. Muitas mulheres ficam logo a conhecê-la no início da gravidez, outras apenas quando o bebé está muito grande. Mas para praticamente todas, não é uma sensação agradável. Revelamos-te aqui o que ajuda contra a azia e outras informações que valem a pena saber sobre a 25.ª semana de gestação!

O que acontece dentro da barriga na 25.ª semana de gestação?

O feto tem cerca de 30–35 cm de comprimento (cabeça-calcanhar) e pesa cerca de 650–700 gramas.

O teu bebé continua a treinar arduamente para, depois do parto, conseguir fazer as coisas mais importantes: sobretudo, mamar e chuchar, mas também agarrar. Agora, ele abre os olhos regularmente e consegue distinguir entre claro e escuro.

Principalmente os sentidos tornaram, mais uma vez, "melhores". O sentido de equilíbrio continuou a desenvolver-se, por isso, o teu pequeno já consegue virar-se e "sentar-se" bem.

O teu bebé tem agora o tamanho aproximado de uma couve-flor.

O teu bebé tem agora o tamanho aproximado de uma couve-flor.

Uma vez que, agora, o teu bebé sente mais, ele também reage mais intensamente ao barulho e à luz. Ruídos altos podem, por exemplo, provocar movimentos violentos e uma pulsação mais acelerada no teu bebé.

A pele está novamente um pouco menos translúcida, tornando-se mais rosada e firme – isto deve-se às reservas de gordura que continuam a aumentar cada vez mais.

E como te sentes na 25.ª semana de gestação?

Barriga enorme? Bolinha pequena e bonita? Na 25.ª semana de gestação, as barrigas de grávida têm um aspeto muito diferente. Isto deve-se, por um lado, à constituição física da mulher, ao peso inicial, ao aumento durante a gravidez, à quantidade de líquido amniótico e, naturalmente, também ao tamanho do bebé. Existem simplesmente muitas diferenças individuais.

Se tudo estiver em ordem nos teus exames médicos, podes ouvir os comentários sobre isso com toda a tranquilidade. Se não tiveres a certeza, é sempre melhor esclareceres as tuas dúvidas com o teu médico ou a tua médica, em vez de te comparares com outras grávidas à tua volta. Nenhum corpo e nenhuma gravidez são iguais!

Em média, o útero tem agora o tamanho de uma bola de futebol e, por isso, pode estar já a exercer muita pressão sobre outros órgãos, como por exemplo, a bexiga e o intestino.

Azia na gravidez – o que fazer?

A azia pode surgir logo no início da gravidez. A partir de quando surge a azia depende de diversas causas: um motivo para isto pode ser o aumento do útero, mas também pode dever-se às alterações hormonais e estas acontecem logo no início. O esfíncter esofágico, que fecha o estômago e o esófago, torna-se mais "mole" ou permeável – desde modo, o suco gástrico pode subir. Para além do clássico sabor amargo na boca e o ardor que lhe característico, também a dor de garganta e a rouquidão de manhã depois de acordar podem ser sinais de azia (a dor de garganta é, por vezes, incorretamente confundida com uma constipação).

A prevenção é, neste caso, a melhor opção para superar os desconfortos sem medicamentos.

O que ajuda contra a azia durante a gravidez:

  • Várias refeições pequenas, em vez de pratos fartos
  • Mastigar bem a comida
  • Não comer nada 2 horas antes de ir dormir
  • Dormir com o tronco elevado

Remédios caseiros contra a azia:

  • Mastigar avelãs ou amêndoas
  • Beber leite antes das refeições
  • Comer um pouco de iogurte antes das refeições
  • Beber um gole de natas ou leite condensado
  • Mastigar pão seco
  • Comer flocos de aveia
  • Beber chá: alcaravia, salva, hortelã-pimenta, gengibre – mas consultar previamente um médico, uma vez que muitos chás podem desencadear contrações

Se tudo isto não ajudar, é possível tomar medicamentos que absorbem o ácido gástrico. Alguns podem ser utilizados sem problema, mesmo durante a gravidez. Contudo, deves sempre consultar previamente o teu médico, para saberes o que é mais adequado para ti, sem efeitos secundários indesejados.


Fotografia: Unsplash

Isto também te poderia interessar:

A 24.ª semana de gestação

Cãibras na barriga?

A 26.ª semana de gestação

Quais são as hipóteses dos bebés prematuros?

O segundo trimestre: entrar no ritmo – viver com a tua gravidez

com o especialista MAM Dr. Tony (Tao) Duan

Produtos MAM recomendados para si

MAM Comfort - Chupeta de silicone

Chucha particularmente pequena e leve 100% em silicone para recém-nascidos

17,99 €
Discos de amamentação

Extrafinos e muito absorventes

9,40 €
MAM Individual 0+ - Chupeta

Para os individualistas entre os bebés com 6 ou mais meses

29,00 €