Mordedor MAM Cooler

Alcança os dentes molares
Todos os produtos da MAM são feitos com materiais livres de BPA e BPS. A partir de 4 meses
Os primeiros dentinhos: uma nova aventura. Os designers da MAM criaram um mordedor genial que também refresca. Mastigar, refrescar e acalmar: o Cooler diverte e faz os bebês esquecerem o incômodo do nascimento dos dentes.
Cor

R$ 79,00

O item está atualmente sem estoque.
Insira o seu endereço de e-mail e receba notificações assim que ele estiver disponível novamente:

Email*
Descrição do produto
  • O Cooler diverte e faz os bebês esquecerem rapidamente do desconforto da dentição.
  • As estruturas da superfície es os materiais diferentes facilitam a dentição.
  • A forma única da parte refrescante alcança também facilmente os dentes morales.
  • Estimula o desenvolvimento dos bebês.
CE-BRI/IQB 002900 NM 300/2002 - OCP 006

1. PARTE RESFRIÁVEL COM ÁGUA
O seu formato único permite chegar facilmente nos dentes de trás / Refresca e Acalma..

2. FORMATO CIRCULAR
A sua forma circular permite segurar com facilidade..

3. ESTRUTURAS PARA MORDER
Massagem das gengivas sensíveis / Para uma variedade de sensações ao morder..

Qualidade e segurança
Todos os produtos da MAM são feitos com materiais livres de BPA e BPS.

Todos os produtos da MAM são feitos com materiais livres de BPA e BPS.

A partir de 4 meses

A partir de 4 meses

FAQ

O BPA (bisfenol A) é um componente importante para fabricação do PC (policarbonato), ao passo que o BPS (bisfenol S) é um componente químico orgânico usado para fabricar polissulfona. Embalagens de alimentos, utensílios plásticos e mamadeiras são apenas alguns exemplos entre a grande variedade de produtos compostos de PC, enquanto que o BPS é usado principalmente em papéis térmicos e tintas. O problema: Resíduos de substâncias químicas vazam gradativamente do plástico, contaminando o alimento e podendo acabar dentro do corpo. Esses resíduos podem afetar, em especial, crianças pequenas e bebês. Como resultado da exposição ao BPA, especialistas e estudos observaram distúrbios no sistema hormonal e no cérebro, diabetes, problemas cardíacos, além de um risco maior de câncer. Embora a evidência científica ainda não seja conclusiva, a Comissão Europeia, com base no princípio preventivo, baniu o uso de BPA em mamadeiras a fim de proteger a saúde e garantir a segurança de bebês e crianças pequenas.