Uma grávida sorridente toma o pequeno-almoço na cama.

Semanas de Gravidez

A 17.ª semana de gestação

A primeira gordura do bebé


Chegaste ao início do 5.º mês da gravidez e agora começa também a maior alteração visível para todos no 2.º trimestre: a barriga de grávida cresce! Isto deve-se, sobretudo, ao facto de o teu bebé ganhar agora peso. Lê aqui porque é que ele se tornou ainda mais bonito, por vezes assustado e todas as outras coisas que acontecem na 17.ª semana de gestação!

O que acontece dentro da barriga na 17.ª semana de gestação?

O feto tem cerca de 11–14 cm de comprimento (CCN = comprimento cabeça-nádega) e pesa cerca de 100–150 gramas. Os pés têm uns belos 2 cm de comprimento e o diâmetro da cabeça é de aproximadamente 4 cm.

O teu rebento voltou a transformar-se mais um pouco no sentido de um "lindo bebé": as proporções correspondem agora mais à imagem que terá no parto. As pernas ficaram mais compridas, a cabeça já não é desproporcionalmente grande e, a pouco e pouco, surge um pouco de gordura do bebé. Mais tarde, a camada de gordura irá garantir uma melhor manutenção da temperatura corporal – até então, é a tarefa do líquido amniótico, entre outras, manter o bebé quente de modo uniforme.

O teu bebé tem agora o tamanho aproximado de uma laranja.

O teu bebé tem agora o tamanho aproximado de uma laranja.

A capacidade auditiva está mais desenvolvida. O teu bebé reage agora a ruídos altos: o barulho repentino pode até mesmo assustá-lo – talvez sintas os vigorosos movimentos como uma leve trepidação na barriga (mas se não sentires, isso também não é invulgar – pode demorar até à 20.ª semana de gestação ou mais até sentires movimentos!).

De fora também já é possível ouvir alguma coisa: o batimento cardíaco do bebé é percetível com um estetoscópio.

Como te sentes na 17.ª semana de gestação?

A crescente camada de gordura do teu bebé e o líquido amniótico ajudam-nos a regular a temperatura corporal. Por isso, o teu bebé está bem protegido, mesmo quando tomas um banho quente ou vais a uma sauna. 

Mas há coisas que deves ter em atenção durante ou após um banho de imersão e uma sessão de sauna:

  • Se, antes da gravidez, não tomavas banhos quentes, nem estás habituada à sauna, é melhor não começares agora.
  • Temperaturas elevadas podem afetar a circulação: se te sentires indisposta, reduz a temperatura da água do banho ou senta-te no nível mais baixo da sauna.
  • Não fiques demasiado tempo na sauna nem vás com muita frequência
  • Evita jacuzzis públicos devido a possíveis infeções com bactérias; é preferível tomares banho na tua própria banheira
  • Antes e depois, bebe bastante água – isto também ajuda a tua circulação
  • Cuida bem da tua pele após o banho ou a sauna para evitares estrias.
  • Após o banho e a sauna, a tua pele absorve especialmente bem produtos de cuidados da pele. Contudo, tem em atenção a qualidade e os ingredientes dos teus produtos de cuidados da pele. Muitos podem ser nocivos para a tua saúde e/ou para a saúde do teu bebé, uma vez que são transmitidos através da placenta.

De onde vem a linha escura na barriga?

Devido às hormonas da gravidez, também a pele das grávidas se altera. Além disso, são produzidas grandes quantidades de melanina. Esta trata-se de uma substância responsável pela pigmentação, ou seja, a coloração da pele. Por isso, as grávidas têm uma maior tendência para manchas pigmentares, sardas e um fenómeno especial: a linea nigra (ou linha negra). Esta passa exatamente no meio do teu corpo, na vertical, sobre toda a barriga e atravessa o umbigo. Em mulheres com uma tez mais escura, esta é, na maioria dos casos, mais pronunciada. Na realidade, todas as pessoas têm esta linha, mas habitualmente esta é tão clara, que não é possível vê-la.

Regra geral, a pigmentação mais acentuada desaparece novamente sozinha após o parto. Devido aos químicos que estes contêm, as grávidas nunca deverão recorrer a cremes clareadores. O melhor é utilizar um bom protetor solar com um elevado fator de proteção ou evitar o sol de todo, sempre que possível.


Porque é que, por vezes, as grávidas transpiram mais agora e porque é que o ferro é importante

Para a alimentação do bebé, o volume de sangue aumentou. Isto pode fazer com que, devido à circulação sanguínea mais intensa, comeces a transpirar mais facilmente. A transpiração arrefece o teu corpo, mas também resulta na perda de sais minerais. Um consumo adequado através da alimentação é agora particularmente importante.

Para a hematopoiese, o corpo necessita também de ferro. Na maioria dos casos, durante a gravidez, as reservas de ferro são controladas através de recolhas de sangue pelo médico. Se os teus valores forem demasiado baixos, o teu médico ou a tua médica pode indicar-te quais os alimentos que deves comer ou se necessitas se um suplemento nutricional.

Não é recomendado tomar suplementos de ferro por iniciativa própria – estes podem ter efeitos secundários desagradáveis. São frequentes, sobretudo, problemas digestivos. Contudo, demasiado ferro também pode prejudicar o teu bebé.


Os alimentos que contêm muito ferro são:

  • Carne vermelha (vaca, novilho, caça)
  • Farelo de trigo
  • Milho-miúdo
  • Soja
  • Sementes de abóbora
  • Leguminosas
  • Gema de ovo

A vitamina C fomenta a absorção de ferro – um copo de sumo de laranja à refeição, pimentos, tomates ou fruta como acompanhamento são não apenas deliciosos, como também recomendáveis!


Fotografia: Shutterstock

Produtos MAM recomendados para si

MAM Start Organic Garden- Chupeta

Extra pequeno para recém-nascidos

11,89 €
MAM Perfect Start Fairytale - Chupeta

Ideal para recém-nascidos e particularmente suave para os dentes

17,99 €
Protetores de Mamilo, tamanho 2

Para auxílio a curto prazo durante a amamentação

11,49 €
Starter Cup Animal 150ml - Copo

Facilita a transição da mamadeira para o copo

9,64 €