Uma jovem mulher segura as mãos sobre a barriga.

Semanas de Gravidez

A 1.ª semana de gestação

Começo do primeiro trimestre: o início do ciclo


Como começa a gravidez? E como é possível ainda não se ter praticamente quaisquer sintomas na primeira semana de gestação? Sabe mais aqui!

O que está a acontecer agora dentro da barriga?

Na primeira semana de gestação, podes ainda não ter quaisquer sintomas de gravidez porque ainda não estás grávida! A primeira semana de gestação é o início do ciclo, ou seja, o fluxo menstrual.

Apenas em retrospetiva é possível determinar se esta semana é efetivamente uma semana de gestação. 

O ciclo feminino e a fertilidade feminina são processos muito complexos e interessantes – motivo suficiente para observar com mais atenção o que acontece na barriga ainda antes de o embrião aí se encontrar:  

O ciclo começa com a menstruação. O revestimento uterino criado é novamente expelido e é preparado um novo "ninho" para um óvulo fecundado. Este processo é controlado por diversas hormonas. 

A progesterona garante que o revestimento uterino é formado e está preparado para a nidação e a alimentação do embrião com nutrientes. Se o nível de progesterona diminuir, ocorre o fluxo menstrual. Agora começa o novo ciclo. A concentração de outras hormonas aumenta: 

Os estrogénios são sobretudo produzidos nos ovários. Estes garantem a maturação dos folículos ováricos e a ovulação. Mas influenciam também o crescimento do revestimento uterino. Além disso, graças ao estrogénio, aumenta a produção de muco no colo do útero – este muco, chamado muco cervical, é importante para, entre outras coisas, a nutrição e a mobilidade dos espermatozoides, aumentando, assim, a possibilidade de uma gravidez.  

Um órgão muito importante para a gravidez é, naturalmente, o útero. Na 1.ª semana de gestação, este tem apenas 7–10 cm de comprimento e pesa 50–60 g, assemelhando-se a uma pera invertida. Contudo, tanto o tamanho como a forma variam muito de pessoa para pessoa. O útero é composto por três camadas: um revestimento liso, a parede, composta maioritariamente por musculatura lisa e a mucosa interna.

A parte inferior estreita é o colo do útero (cérvix). Uma parte deste vai até à vagina – no seu centro encontra-se o orifício uterino. Também é possível sentir, por palpação, este orifício uterino externo na vagina. Antes e depois da ovulação, este encontra-se totalmente fechado, abrindo-se por volta do período da ovulação.

Malformações do útero, como por exemplo uma dobra para trás ou outros problemas, como endometriose (o revestimento uterino encontra-se fora do útero), pólipos ou miomas (tumores no útero) podem influenciar a fertilidade. Por isso, se não ocorrer uma gravidez após um ano de relações sexuais regulares não protegidas, estas causas físicas são também analisadas.

Como te sentes na 1.ª semana de gestação?

Agora, o importante é primeiro relaxar e aguardar a menstruação! Nesta altura, almofadas de caroços de cereja quentes, almofadas de aquecimento e mantas são os melhores amigos de muitas mulheres. Um fluxo menstrual muito intenso e menstruações excessivamente dolorosas podem ser uma indicação de endometriose. Se não tiveres a certeza, discute o tema com o teu ginecologista.

Discute com o teu médico ou a tua médica se um suplemento nutricional com ácido fólico é aconselhável para ti. 

Aquilo que te faz sempre bem durante a menstruação, e não só, e também ajuda o teu futuro filho é uma alimentação equilibrada. Particularmente importante é o fornecimento de ácido fólico. Uma vez que muitas pessoas sofrem de um défice de ácido fólico, pode ser aconselhável um suplemento nutricional. Esclarece com o teu médico se deves tomar ácido fólico.



Fotografia: Shutterstock

Produtos MAM recomendados para si

MAM Start Flow- Chupeta

Extra pequeno para recém-nascidos

12,38 €