Uma jovem mulher segura um teste de gravidez nas mãos.

Semanas de Gravidez

A 4.ª semana de gestação

A fase delicada


Na 4.ª semana de gestação, o bebé é uma minúscula bola de células. Descobre aqui os sinais de gravidez que podem surgir agora e porque é que nesta fase deves ter um cuidado especial contigo! 

O que está a acontecer agora dentro da barriga?

A pequena bola de células, também chamada de blastocisto, entrincheira-se mais profundamente no útero. O saco vitelino, a cavidade amniótica e a placenta desenvolvem-se. Através da placenta, o bebé recebe, por um lado, oxigénio e nutrientes e, por outro, também os resíduos metabólicos são retirados.

O teu bebé é ainda microscópico: tem o tamanho de uma semente de papoila.

O teu bebé é ainda microscópico: tem o tamanho de uma semente de papoila.
 

É produzida a hormona da gravidez HCG (gonadotrofina coriónica humana). Esta garante, entre outras coisas, que a mucosa já formada se mantém e que não ocorre qualquer fluxo menstrual.

Influências externas, como por exemplo, infeções, medicamentos, demasiado stress, álcool ou nicotina podem perturbar a gravidez ou prejudicar o embrião. Pode ocorrer um aborto prematuro (um aborto espontâneo antes da 13.ª semana de gestação). A hemorragia pode assemelhar-se a um fluxo menstrual mais intenso – por isso, muitas mulheres nem sequer se apercebem que estavam grávidas.

Mas se tudo correr bem, o milagre da vida prossegue de forma impressionante: as células do blastocisto começam já agora a especializar-se. No entanto, numa ecografia agora apenas é possível detetar a cavidade amniótica como sombra.

Como te sentes na 4.ª semana de gestação?

Mesmo que talvez te sintas "totalmente normal", estás agora numa fase muito delicada da gravidez. Por isso, cuida especialmente bem de ti: protege-te de infeções através de medidas de higiene, evita stress desnecessário, dorme o suficiente e faz uma alimentação saudável. 

É necessário ter um cuidado especial ao cozinhar e ao comer para não adoecer devido a listerias e toxoplasmose. Os alimentos devem ser aquecidos e/ou cuidadosamente lavados. Abdica de produtos de leite cru, carne crua, peixe cru ou enchidos crus.

O nível mais elevado de progesterona provoca um ligeiro aumento da temperatura, as glândulas mamárias condensam-se e acumula-se mais líquido nos tecidos – muitas mulheres conhecem isto como efeito secundário um pouco antes da menstruação. 

Seios doloridos e mamilos muito sensíveis são, para muitas mulheres, os primeiros sinais de uma gravidez. Fadiga intensa e necessidade de urinar mais frequente podem igualmente indicar uma nidação bem-sucedida.

Se registas o teu ciclo através da observação da temperatura, talvez possas detetar que o nível elevado de temperatura dura mais tempo do que o habitual. Normalmente, depois de 18 dias, podes assumir que estás grávida.

Também os testes precoces podem já indicar uma gravidez – estes medem a concentração de HCG na urina. Esta é particularmente elevada durante a manhã: o melhor é fazeres um teste logo depois de acordares. Mas se o teste ainda não produzir o resultado esperado, isso não quer dizer obrigatoriamente que não funcionou! A qualidade dos testes, assim como a produção de hormonas variam individualmente, por isso, resta apenas uma coisa: ter paciência!


Fotografia: Shutterstock

Produtos MAM recomendados para si

MAM Start Flow- Chupeta

Extra pequeno para recém-nascidos

12,38 €
MAM Perfect Start Fairytale - Chupeta

Ideal para recém-nascidos e particularmente suave para os dentes

18,89 €
Bomba extratora de leite simples 2 em 1

Utilização elétrica e manual para maior flexibilidade

169,99 €