: Um homem abraça a mulher grávida e beija-a na bochecha

Semanas de Gravidez

A 28.ª semana de gestação

Preparação para a amamentação


Agora, independentemente de como se faça o cálculo, chegaste mesmo ao 3.º trimestre! Tal como já foi discutido na 26.ª semana de gestação, diferentes fontes indicam diferentes limites para os trimestres. Mas agora já não existe qualquer dúvida. Lê aqui porque é que na 28.ª semana de gestação talvez durmas pior e fiques sem fôlego mais rapidamente e o que acontece com o teu bebé!

O que acontece dentro da barriga na 28.ª semana de gestação?

O feto tem cerca de 38 cm de comprimento (cabeça-calcanhar) e pesa cerca de 1000 gramas.

O teu bebé exercita a expressão facial com empenho: ele consegue torcer o nariz, bocejar, franzir a testa e sorrir. Contudo, ele ainda não faz isto por um determinado motivo – os movimentos servem apenas para treinar a musculatura do rosto. Além disso, ele fecha os olhos ao dormir e abre-os ao acordar. Entretanto, o teu bebé já tem agora o seu próprio padrão de sono.

O teu bebé tem agora o tamanho aproximado de uma beringela!

O teu bebé tem agora o tamanho aproximado de uma beringela!

Os olhos ainda não têm a cor definitiva, contudo, já estão completamente desenvolvidos. Nos pulmões, é produzido mais surfactante (uma palavra criada a partir das palavras "surface active agent"). Sem esta substância não conseguimos respirar, pois esta garante, entre outras coisas, que os alvéolos pulmonares não colapsam. A produção desta substância vital começa por volta da 24.ª semana de gestação e dura até à 34.ª semana de gestação – um motivo principal para a respiração ser um grande desafio quando ocorre um parto prematuro. Se for esperado um parto prematuro, é administrada à mãe a chamada "injeção para amadurecimento dos pulmões", para estimular a produção de surfactante pulmonar.

Um bebé prematuro teria já muito boas hipóteses de sobrevivência, mesmo fora do útero.

Como te sentes na 28.ª semana de gestação?

Muitas grávidas dormem agora mal – e por diversos motivos:

  • Hormonas
  • Nervosismo devido à situação em constante mudança e à aproximação do parto
  • Dores nas costas
  • Posição de dormir: é mais difícil dormir de barriga para cima e de barriga para baixo
  • Pressão sobre a bexiga

O útero altera-se para permitir lentamente ao bebé a melhor posição inicial para o parto: Este torna-se mais espesso em cima e mais comprido e estreito em baixo. Mas o teu pequeno ainda tem algumas semanas para se colocar definitivamente com a cabeça para baixo.

A expansão crescente do útero faz com que os teus outros órgãos sintam alguma falta de espaço – também os teus pulmões têm agora menos espaço. Como resultado, podes perder literalmente o fôlego mais depressa e ficar ofegante.

Agora, muitas grávidas ficam já "com fugas": o colostro pode sair dos seios.

Para te preparares para a amamentação, é melhor um tratamento delicado. Dispensa o gel de banho ou o sabonete e lava o peito apenas com água, para não irritares a pele. Se a tua pele estiver muito seca, podes incluir também os mamilos na tua rotina de cuidados e aplicar um creme. Deixar o peito apanhar um pouco de ar e, de vez em quando, andar sem sutiã garante um "enrijecimento" suficiente. O que NUNCA deves fazer é tratar dos teus mamilos com escovas – na pior das hipóteses, isto pode provocar ferimentos.

Se tiveres os mamilos muito planos ou virados para dentro (diz-se também mamilos planos, retraídos e invertidos), pergunta ao teu médico ou à tua médica se podes ou deves fazer mais alguma coisa.

Os verdadeiros mamilos investidos são muito raros. Mesmo quando estimulados, estes não ficam eretos, mas sim retraem-se ainda mais. Contudo, não é possível dizer se isto será um problema durante a amamentação, pois depende muito de como o bebé consegue lidar com isso. Muitas crianças não têm qualquer problema, apesar de ser criado um vácuo de sucção, outras necessitam do estímulo do mamilo no palato para conseguirem beber. Casos menos graves de mamilos planos ou invertidos podem também alterar o seu formato devido à amamentação. Uma vez que a amamentação é o melhor para o teu bebé, vale sempre a pena simplesmente experimentar!

Se existirem perto de ti grupos de amamentação ou um aconselhamento sobre amamentação, esta é uma boa oportunidade para te informares, trocar ideias e obter ajuda prática. Em muitas regiões existem também parteiras que oferecem conselhos especiais sobre amamentação.


Fotografia: Unsplash

Isto também te poderia interessar:

A 27.ª semana de gestação

As primeiras compras para o bebé

A 29.ª semana de gestação

Contrações de treino ou contrações falsas?

O terceiro trimestre: dar as boas-vindas a uma nova vida

com o especialista MAM Dr. Tony (Tao) Duan

Produtos MAM recomendados para si

MAM Perfect Start Fairytale - Chupeta

Ideal para recém-nascidos e particularmente suave para os dentes

18,89 €
Protetores de Mamilo, tamanho 1

Para auxílio a curto prazo durante a amamentação

11,99 €
Bomba extratora de leite simples 2 em 1

Utilização elétrica e manual para maior flexibilidade

169,99 €